Sugestões de pesquisa
    Sugestões de produtos
      0 ITENS
      Itens no carrinho
      Total:
      Fechar Pedido

      Crânio de Dimetrodonte

      Ref: 960270040
      Avalie este produto

      Este crânio é uma réplica artistica de Dimetrodon Limbatus, um animal sinápsido que viveu no início do período Permiano cerca de 280 milhões de anos atrás, em terras hoje localizadas na América do Norte.

      R$ 420,00
      7x de R$ 60,00 sem juros
      Quantidade
      No momento a quantidade solicitada não esta disponível em estoque
      Solicitar orçamento
      Frete grátis para: Todo o Brasil
      Quem comprou, também comprou
      Carcharodon Megalodon
      R$ 44,00
      Notopus Petri
      R$ 36,30
      Fauna de Ediacara
      R$ 41,80
      Folha de Pecopteris
      R$ 27,50
      Betulites Vesti Obtusus
      R$ 24,20
      • Descrição

      Crânio de Dinometrodonte

      Este crânio é uma réplica artistica de Dimetrodon Limbatus, um animal sinápsido que viveu no início do período Permiano cerca de 280 milhões de anos atrás, em terras hoje localizadas na América do Norte. Embora lembre muito a aparência de um réptil, especialmente pela dentição composta por dentes não diferenciados e a postura com os quatro membros voltados para as laterais do corpo, tecnicamente, Dimetrodon não é considerado um réptil.

      Sua linhagem estava muito próxima dos membros ancestrais amniotas que deram origem aos répteis, e por isso retiveram uma aparência reptiliana. De fato, sua posição filogenética o reúne com os animais na base da linhagem da qual 80 milhões de anos mais tarde brotariam os mamíferos, de modo que fizeram parte das raízes que determinaram nossa própria origem.

      Dimetrodon foi um poderoso predador, e se alimentava de peixes ou grandes tretrápodes anfíbios. A função da grande vela nas suas costas ainda intriga os paleontólogos. é possível que, como um animal de sangue frio, a vela era usada para aquecer ou resfriar seu sangue, é provável que também a utilizasse como sinal para fêmeas, ou mesmo para advertir outros machos concorrentes que adrentassem seu território.

      Dimetrodon alcançava um comprimento de 1,8 até 4,5 metros. Repare os dentes palatais ectopterigoides localizados na parte posterior do palato, que auxiliavam Dimetrodon a agarrar e engolir os grandes pedaços de carne que retirava das presas que caçava. Diferente dos répteis que, além das aberturas dos olhos, podem possuir mais dois oares de cavidades na parte posterior do crânio (diápsidos, como os lagartos e dinossauros), ou então nenhuma (anápsidos, como as tartarugas), como sinápsido, Dimetrodon possuía apenas uma cavidade localizada atrás de cada órbita.

      • Ordem Teropoda
      • Nome: Dimetrodon limbatus
      • Idade: Periódo Permiano
      • Procedência: America do Norte
      • SEGURANÇA
      Plataforma loja virtual